ASTROLOGIA

O QUE É MAPA ASTRAL?





O mapa astral é a representação gráfica do céu no exato momento de seu nascimento. Para montar o mapa, são necessários alguns cálculos que são baseados na data, hora e local que você nasceu. Os dados têm de ser precisos porque alguns minutos podem alterar significativamente a configuração geral do mapa.

No mapa estão indicadas as posições dos astros dentro dos signos do Zodíaco, que é como um cinturão projetado em volta da Terra.

O mapa astral fornece indicações sobre suas potencialidades básicas, como traços de sua personalidade, habilidades naturais, tendências, etc.

Alguns dizem que o mapa astral é como uma impressão digital. Tal afirmação é apenas retórica, porque apesar de ser um fato raríssimo, outra pessoa pode ter o mapa natal igual ao seu. Basta que ela tenha nascido na mesma cidade e no mesmo horário.

Os Signos são divisões fixas no céu que representam conceitos, ou arquétipos, se nos apropriarmos do termo criado por Carl G. Jung. Quando você diz que é de um determinado signo, está dizendo que o Sol estava neste signo quando você nasceu, e que, portanto, vai manifestar as características que lhe são inerentes.

As Casas Astrológicas


As Casas Astrológicas são divisões variáveis do mapa que representam nossas áreas de experiência na vida. Tecnicamente, são linhas imaginárias que partem da Terra e cortam o céu em doze faixas. São 6 eixos que ligam casas opostas e complementares:

A casa 1 indica o Eu, a personalidade, o projeto de vida.
A casa 7 indica o outro, o que é oposto e complementar, o parceiro e o inimigo.
A casa 2 indica as posses, o nosso dinheiro e também tudo o que precisamos para viver.
A casa 8 indica nossas perdas, o dinheiro dos outros e nossas crises pessoais.
A casa 3 indica como funciona nosso intelecto e como nos comunicamos. Indica também os estudos iniciais, os irmãos, colegas e vizinhos.
A casa 9 indica quais são nossas convicções filosóficas e religiosas, quais são nossos valores superiores, nosso contato com o exterior, etc.
A casa 4 está associada ao inconsciente pessoal e indica como é nossa família, nossa casa e como foi nosso passado, etc.
A casa 10 indica qual é nossa imagem social, nossa missão no mundo, qual nossa vocação, etc.
A casa 5 indica como criamos, como nos divertimos em companhia dos amigos íntimos, como são nossos romances, nossos filhos, etc.
A casa 11 indica como nos relacionamos com amigos e com grupos com interesses em comum.
A casa 6 indica como é nosso cotidiano, nosso trabalho e nossa saúde. É chamada de casa do “pequeno carma” e indica também doenças de curta duração.
A casa 12 é associada ao inconsciente pessoal, à espiritualidade e a tudo que está oculto sob o véu das aparências. Como também é associada às doenças de longa duração, aos hospitais, prisões e locais de reclusão é chamada de casa do “grande carma”.

Os Planetas



Os Planetas são agentes que indicam características latentes, mas que como estão sempre em movimento, também ativam a dinâmica indicada pela configuração geral do mapa.  Por exemplo, Vênus simboliza a sua sensibilidade e capacidade de dar e receber afeto; Marte é a energia, a força para batalhar e conquistar. Quando Marte em movimento entra em contato com Vênus indica um período durante o qual você poderá se lançar em uma conquista amorosa. O exemplo é apenas ilustrativo e sempre se deve considerar todas as variáveis do mapa.



Lua
 Revela a forma intuitiva das reações, os ânimos e os sentimentos. É o nosso subconsciente, a auto-imagem, os condicionamentos, a receptividade; a necessidade de se agregar, de ter apoio, segurança doméstica e emocional. De acordo com o signo em que se encontra, mostra como a pessoa se sente e quais são os seus pontos sensíveis.
A Lua indica os seus modelos e necessidades emocionais mais profundos, a sua receptividade e capacidade de reflexão. Ela está associada à capacidade de sonhar e imaginar. No Mapa Astrológico, o signo sob o qual a Lua estiver, indica onde a sua capacidade de sonhar e criar se abastece. Já a casa mostra o setor prático da sua vida onde este plano da sua personalidade atua com mais intensidade.
Sol
 Representa a vitalidade, a individualidade, a expressão criativa e amorosa; a necessidade de ser reconhecido e apreciado. Indica, conforme o signo em que se encontre, a identidade fundamental da pessoa, seu modo de ser e como ela percebe e se conduz na vida.
O Sol indica a consciência, o foco da personalidade. A posição do Sol no mapa indica onde você pode brilhar, exteriorizando a sua individualidade e verdadeira essência. O signo sob o qual o Sol estiver mostra onde a sua consciência se abastece; já a casa, diz qual o setor prático da sua vida em que a consciência atua com mais clareza.
Mercúrio
 Mostra a capacidade da comunicação e do raciocínio, a expressão por meio da habilidade ou da palavra, bem como as necessidades de ligações e de aprender.
O planeta Mercúrio representa a inteligência, a capacidade de expressão. O signo sob o qual ele estiver indica a sua capacidade de informar-se ou expressar-se e como busca nutrir-se; já a casa fala sobre o setor prático da sua vida no qual você tende a utilizar a sua inteligência da melhor forma.
Vênus
 É a energia dos intercâmbios afetivos. Indica os gostos pessoais, as necessidades materiais e predisposições em busca de harmonia e prazer. Conforme o signo em que se encontra, mostra como a pessoa expressa os afetos, como estabelece vínculos pessoais e tudo o que faz para sentir-se apreciada.
Vênus representa a sua sensibilidade, o sentido de belo e o afeto com que você lida com as pessoas e situações. A Casa do Mapa Astrológico onde estiver Vênus é onde você precisa agir com delicadeza e suavidade. O signo em que o planeta estiver, indica o conceito em que sua sensibilidade se abastece.
Marte
 Expressa o desejo, vontade de agir, a iniciativa, a energia física, a coragem, a auto-afirmação, a agressividade, o impulso sexual. Mostra, conforme o signo, como a pessoa se afirma e expressa seus desejos e ambições.
Representa a energia que você coloca em tudo e a força que usa para abrir os seus próprios caminhos. No Mapa Astrológico, o signo sob o qual estiver, indica o conceito no qual a sua capacidade de enfrentar os desafios se abastece. Já a casa, mostra onde esta força e coragem atuam com maior concentração.
Júpiter
 Traduz os impulsos de expansão, confiança, fé, otimismo e a motivação para se ligar a um plano superior e se aperfeiçoar. Pelo signo mostra como a pessoa procura se desenvolver e confiar na vida.
Júpiter representa o poder, a autoridade, a sabedoria e a razão. É conhecido como o planeta da sorte no Mapa Astrológico, indicando o ponto de expansão da sua psique. O signo sob o qual ele estiver, mostra em que conceito a sua capacidade de sabedoria se abastece. Já a casa, determina em que setor prático da sua vida você tende a agir com maestria.
Saturno
 Dá a referência de como se lida com o esforço, a disciplina, a aceitação dos deveres e responsabilidades, a autodefesa, o anseio de autonomia e aprovação social. Mostra como a pessoa busca se estabelecer e se preservar através do esforço.
Saturno representa o limite e a responsabilidade. É a “cruz do mapa”, um ponto de restrição que deve ser tratado com seriedade, para que a maturidade e estrutura possam ser uma realidade concreta em sua vida. A casa em que estiver, indicará em qual o setor prático da sua vida esta “cruz” está localizada e o signo, em qual conceito sua noção de limites e capacidade de realização se alimenta.

Urano
 É o anseio por liberdade, independência e sintonia com a verdade. Liga-se às concepções originais, à inventividade, à experimentação aberta, à necessidade de mudança, à excitação e à expressão fora dos padrões estabelecidos.
Urano representa o próprio Céu, aquilo que não tem limites dentro de você. São a criatividade e as idéias. No Mapa Astrológico, indica o seu lado criativo, inventor, original e excêntrico. A casa em que ele estiver, mostra o setor prático da sua vida em que estas características atuarão com maior intensidade. Já o signo, diz em que conceito elas se abastecem.
Netuno
 Refere-se à liberdade transcendente, à unificação, à sintonia com a dimensão espiritual da experiência, à compaixão, ao idealismo, ao impulso para escapar às limitações do eu e do mundo material.
Netuno representa a inspiração criadora, a crença, o êxtase e a intuição. É o amor universal que faz você sentir-se como parte do Todo. A casa em que ele está localizado indica em que setor prático da vida você tem maior possibilidade de serenar, extasiar-se e, numa má utilização, iludir-se. O signo sob o qual ele está, mostra o conceito em que estas possibilidades se abastecem.
Plutão
Plutão representa os “infernos”, o invisível e o misterioso. Este planeta indica a sua capacidade de transformação, de “matar” alguma coisa para criar algo mais belo. O signo sob o qual Plutão está fornece os conceitos para que você compreenda as transformações que precisa sofrer; já a casa, mostra o setor prático da sua vida em que sua capacidade de regeneração será mais presente.

Os planetas indicam o que acontece.


As casas indicam onde acontece.


Os signos indicam como acontece.


Mas afinal, para que serve o estudo do seu mapa astral. Para saber o que vai lhe acontecer no futuro? Para saber se você vai perder o emprego ou ganhar na loteria?

Não é bem assim. O astrólogo pode detectar tendências e antecipar algumas possibilidades, mesmo porque a astrologia é baseada em ciclos que se repetem com algumas variações em intervalos mais ou menos regulares.

Mas como em qualquer outra disciplina, como a psicologia, a meteorologia ou a economia, as “previsões” devem ser feitas com parcimônia e responsabilidade. O astrólogo jamais deve afirmar com assertividade que algo vai acontecer ou deixar de acontecer na vida de um cliente.

Você talvez esteja se perguntando: “Então, para que serve fazer o mapa astral?”

Como o próprio nome indica, o mapa astral é uma ferramenta auxiliar que nos indica os atalhos, os becos sem saída e os melhores caminhos para chegarmos aonde queremos.



Patrícia Schimith. 






Tecnologia do Blogger.