HOMICÍDIO EM DELFIM MOREIRA-MG

Um rapaz de 20 anos esfaqueou a ex-namorada, de 15 anos e a ex-sogra, de 52, na tarde desta segunda-feira (17) em Delfim Moreira (MG). Depois do crime, o jovem tentou se matar. A ex-sogra morreu no pronto-socorro da cidade. A filha dela e o agressor foram levados em estado grave para o Hospital Escola, em Itajubá.

A vítima Rosa, 52 anos, mãe da adolescente e que veio a falecer, recebeu 5 facadas, sendo 01 no braço, 03 nas costas e 01 na nuca, do autor Ruan. A adolescente L.A.S, 15 anos, recebeu seis facadas, no tórax, axilas, costas e braço. 

Ruan tentou o suicídio penetrando a faca em seu abdômen. 


Segundo a Polícia Militar, o jovem foi até a casa da jovem e pediu um copo d'água para conseguir entrar na residência. Os dois então começaram a discutir e ele pegou uma faca que havia levado e golpeou a adolescente.



Ainda conforme a polícia, a mãe, Rosa dos Santos, foi tentar defender a filha e também foi golpeada. Elas foram encontradas pelos irmãos da jovem e socorridas por terceiros para o pronto-socorro.


O Autor do crime fugiu e se escondeu em um matagal, às margens da MG-350. Autor tentou o suicídio, após a fuga, mas foi capturado e socorrido e logo em seguida levado ao Hospital Escola, em Itajubá. Ele foi encontrado por uma equipe de policiais que passava pelo local.

A motivação o crime seria o fim do relacionamento. Segundo a autoridade policial, Ruan, premeditou o crime, pois deslocou à residência da ex-namorada, portando a faca do crime.

Inicialmente, Ruan, ao chegar à residência de sua ex, alegou que só gostaria de conversar com adolescente e pediu um copo com água. Porém sua ex-sogra o surpreendeu, pois ele estava tentando enforcar a adolescente na cozinha. Momento em que Rosa tentou defender a filha e o autor sacou a faca e atingiu as vítimas. Ruan fugiu para um matagal, onde tentou se matar e, logo após isto, entrou em contato telefônico com seu genitor, que deslocou até o local onde o autor se encontrava e pediu socorro a uma viatura que se deslocava à cidade de Delfim Moreira.

Acerca do estado de saúde dos envolvidos, o autor Ruan se encontra estável no Hospital Escola, assim como a adolescente.

Ressalto que a adolescente, no dia 28/05/2019, registrou um Boletim de Ocorrência de ameaça em desfavor do autor e que havia uma medida protetiva contra Ruan, que não possuía antecedentes criminais, até os fatos narrados.


Fique atento para mais informações, o Aperitivo irá atualizar a pagina quando receber outras informações.


Informações passadas pela Assessoria de Comunicação Organizacional do 56° Batalhão.
Tecnologia do Blogger.