SARAMPO COLOCA MINAS GERIAS EM ALERTA

Pouso Alegre intensifica vacinação contra sarampo e tem horário especial de atendimento.


Proximidade com municípios de São Paulo, estado que enfrenta surto da doença, tem preocupado setores de saúde do Sul de Minas.

Casos em Minas:

Minas Gerais confirmou quatro casos de sarampo em 2019, sendo que nenhum deles foi no Sul de Minas. No entanto, com a proximidade de cidades da região ao interior de São Paulo, que enfrenta surtos da doença, as secretarias de saúde têm intensificado a vacinação. Uma das cidades é Pouso Alegre, que também oferece a vacinação noturna.
Mas há o risco da doença ter infectado mais moradores. A Secretaria de Estado de Saúde (SES/MG) já notificou 190 casos suspeitos da moléstia em 73 cidades mineiras. Do total, 51 registros ainda estão sendo investigados. Quatro pessoas foram diagnosticadas com enfermidade. 

Este ano, Minas Gerais confirmou o primeiro caso autóctone – quando a transmissão ocorre dentro do território – de sarampo em 20 anos, uma criança de 1 ano, moradora de Belo Horizonte. Outros três casos foram confirmados no estado. No último, o morador começou a sentir os sintomas em março. De lá para cá, não houve nenhuma confirmação da doença.

Vacinação ampliada nesta quarta 21/08, a Secretaria de Estado de Saúde informou que, a partir de quinta, todas as crianças de seis meses a menores de 1 ano devem ser vacinadas contra o sarampo. Até o início de agosto, Minas Gerais tinha quatro casos confirmados da doença. No Brasil, de 19 de maio a 10 de agosto, foram 1.680 casos, a maior parte em São Paulo, com mais de 1,6 mil vítimas da doença.


O sarampo teve sua circulação eliminada no Brasil. Mesmo assim, a região Norte do País tem sofrido com um surto da doença, reintroduzida pela circulação do vírus no mundo. Especialistas em moléstias infecciosas e parasitárias, comentam a importância de se manter altas coberturas de vacinação da população. Segundo esses especialistas é necessário manter uma vigilância nos países onde o Sarampo já foi eliminado.

Para o professor de Epidemiologia, a importância da vacinação não é apenas para crianças, mas também adultos jovens. Pelo fato de a doença ter sido eliminada nos últimos 20 anos, há adultos vulneráveis que não tiveram contato com o vírus. “Eles não tinham estímulo do seu sistema imune em relação ao vírus do sarampo.
Outros países também estão enfrentando surto de Sarampo. Por exemplo os EUA. Nova York começa o ano de 2019 identificando um surto de Sarampo que teve início em outubro de ano passado em uma comunidade Judaica Ortodoxa no bairro de Brooklyn e deixou o país em alerta.

Em todo o ano de 2018, 349 pessoas foram confirmadas com sarampo em 26 estados dos EUA. Esse é o maior registro desde 2014, quando houve um número recorde de pessoas infectadas desde que o sarampo foi eliminado nos EUA, em 2000.

O centro de controle de Doenças Americano rastreou a origem do surto atual nos EUA. A suspeita recai sobre uma criança não imunizada que viajou para Israel e, na volta expôs outros menores ao vírus. Segundo o centro 81 pessoas trouxeram a doença de outros países para os EUA em 2018.

É muito importante manter a vacinação do seu filho em dia. Na AlphaImune temos vacina contra o Sarampo. Se for viajar para o Norte do Brasil, para os EUA ou para qualquer outro país é importante que seus filhos estejam imunizados contra o Sarampo. Imunize já!?


Tecnologia do Blogger.