ITAJUBÁ É ALVO DA MEGAOPERAÇÃO MOSAICO E OPERAÇÃO ERGON

A operação, que está em sua primeira fase, envolve todo o Estado de Minas.



A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) deflagrou, na manhã da quinta-feira, dia 19/09, a Megaoperação Mosaico, com o objetivo de combater desmanches e comércio ilegal de peças automotivas.
Em Itajubá, um estabelecimento foi lacrado, a fim de evitar o furto e roubo de veículos.
Cerca de 900 policiais civis foram para as ruas de mais de 145 cidades coibindo a atuação de empresas em desacordo com a Lei Federal 12.977/2014, conhecida como “Lei do Desmonte”, que tem como principal objetivo inibir furto, roubo e receptação de veículos, por meio da comprovação de origem das peças que chegam até o consumidor final. Os desmanches clandestinos foram os grandes alvos dessa operação. Muitos desses estabelecimentos podem estar recebendo os veículos roubados ou furtados e desmanchando para vender as peças.

ENTREVISTA

Promotor de Justiça, André Cavalcante, o investigador Felipe Ribeiro e o inspetor 
Everton Vieira, ambos da PC.
Outra operação deflagrada é a Ergon, que objetiva o combate do tráfico de drogas interestadual. Na ação organizada em parceria entre a Polícia Civil e Ministério Público, foram apreendidos 70kg de maconha e cumpridos diversos mandatos de busca e apreensão.
Tecnologia do Blogger.