CACHORRO ATACANDO PESSOAS NA RUA, E DONA NÃO FAZ NADA. -PIRANGUINHO

quinta-feira, outubro 31, 2019
Fica um aviso importante para quem passa na rua Alferes Renó, sentido a Prefeitura de Piranguinho, pois devido ao desleixo da dona de um cachorro do bairro, tal cachorro fica avançando nos pedestres que por ali passam.
Tal cachorro fica do lado da Prefeitura Municipal de Piranguinho, em uma casa que está passando por reforma.

Saliento que a Dona do cachorro deixa ele solto, mesmo sabendo que ele avança nas pessoas que passam pela rua, sendo um absurdo.


Caso que ocorreu dia 31/10:

"Transeunte que passava pela calçada tranquilamente foi surpreendida ao ser atacada pelas costas por esse cachorro. No qual chegou até a rasgar a camisa da vítima. Contudo foi falado com a Dona x do cachorro e ela simplesmente pediu desculpas isso que depois de fingir que nada havia acontecido." - Vítima.

A dona deste cachorro tem que tomar providencias, caso contrario poderá acontecer algo grave. Pois outras pessoas já reclamaram dessa mesma situação. Ressalto que o fato aconteceu em uma rua bem movimentada, onde fica escolas e a prefeitura, ou seja, poderia ter acontecido até mesmo com uma criança.

REUNIÃO DO COMÉRCIO MONITORADO E PROTEGIDO DE PIRANGUINHO-MG

quinta-feira, outubro 31, 2019
No dia 29/10, foi realizado uma reunião com comerciantes do Comércio Monitorado de Piranguinho-MG. Os assuntos tratados no dia foram a Segurança da cidade; O que está sendo feito; O primeiro natal do comércio; A falta que alguns comércios tem de CNPJ ao Alvará.
A Presidente do Comércio Monitorado pela PMMG de Piranguinho, Paula Schimith, declinou sobre a ideia que teve referente a primeira Parada Natalina de Piranguinho, para com isso unir o comércio e trazer mais clientes para tais comércios. Aproveitando o ensejo promovendo os comerciantes e consequentemente o município. Apesar de não ter comparecido todos os comerciantes da cidade, os que foram aprovaram a ideia.

O Aperitivo vai informar detalhes sobre esse primeiro evento, e que se for bem planejado será muito bem feito.


MOÇÃO CONCEDIDA A JOÃO OTÁVIO, PELO 5º LUGAR NO CONCURSO DE REDAÇÃO DA EPTV

quarta-feira, outubro 30, 2019
A  EPTV  desenvolveu um projeto  que envolveu cerca de 90 mil estudantes do último ano do ensino fundamental. Com o objetivo de promover a interatividade entre os alunos e um veículo de comunicação, permitir que os participantes conheçam o processo de produção de um telejornal, e que utilizem a programação da EPTV como recurso educacional. Além disso, o foco é desenvolver a integração entre as escolas e, através da escolha do tema da redação, propiciar aos alunos o contato com a pesquisa e a aquisição de conhecimento.
Saliento que 10 alunos foram finalistas e Piranguinho teve a honra de ser representado lindamente pelo jovem estudante João Otávio.

Nessa segunda-feira, dia 21/10, João Otávio Martins Rennó, juntamente com a professora orientadora Luciana Leite receberam uma MOÇÃO DE CONGRATULAÇÃO E APLAUSOS por terem ganho o 5º lugar no concurso da EPTV, no qual João fez uma redação com o tema "Nudes" e pode representar lindamente a sua cidade natal, Piranguinho-Mg. O Vereador Dimas de Arimatéia M. Renó fez a indicação da Moção que foi acolhida por todos os vereadores da Câmara Municipal de Piranguinho.



O 5º lugar ficou para o aluno João Otávio Martins Rennó, da cidade de Piranguinho, da Escola Estadual Sebastião Pereira Machado e teve como Professora Luciana Leite de Souza. O Título da sua redação foi "Este nudes não é meu!"

"Cheguei à escola, todos olhavam para mim com cara de espanto, não entendi o que estava acontecendo! Chegando na minha sala, minhas amigas já vieram correndo perguntar se eu estava bem, na hora não entendi e perguntei o que estava acontecendo. Minhas amigas me falaram que um menino do 9º ano tinha “vazado” um “nudes” e falado que era meu. Sem entender, falei para minhas amigas que nunca tinha mandado nudes e minhas amigas disseram que todo mundo tinha visto aquelas fotos e estavam afirmando que eram minhas. Fiquei sem reação! Não sabia o que fazer. Entrei em desespero e comecei a chorar. Naquele momento, passou muita coisa na minha cabeça. Perguntei para minha amiga quem era o menino que tinha vazado as fotos. Fui direto à diretoria, expliquei o que estava acontecendo. A diretora deu uma suspensão de 2 semanas para o menino. O assunto parecia estar resolvido, mas todos ainda me olhavam torto. Contei para meu pai. Ele ficou muito bravo e queria ir até à escola, mas falei para ele não ir, pois nada do que ele fizesse iria mudar o pensamento das pessoas; a única coisa que pedi foi para meu pai me mudar de escola, pois por conta daquelas fotos que nem eram minhas, ninguém mais iria me olhar como antes, eu ia ser pra sempre a menina que mandou nudes. Uma mentira pode destruir uma vida!" - João Otávio Martins Rennó.




Os prêmios foram Prêmios estabelecidos da seguinte forma: Do 1º ao 10º colocado: um televisor HD; Professores orientadores dos finalistas: um Kindle; Diretor da escola do 1º colocado: um Kindle; Escola do 1º colocado: um data show; Sendo que os dez alunos e respectivos professores orientadores ganham certificado de participação e classificação no concurso.




POLICIAL MILITAR AJUDA AVÓ A SALVAR BEBÊ ENGASGADO EM POUSO ALEGRE

quarta-feira, outubro 30, 2019
Um Policial Militar ajudou por telefone uma avó salvar um bebê engasgado em Pouso Alegre (MG). Segundo a Polícia Militar, o caso aconteceu no dia 24 de setembro. A PM divulgou o caso nesta terça feira, dia 29/10, após a família convidar o policial militar a conhecer o bebê.
Um Áudio divulgado pela PM mostra o momento em que a mãe do bebê aciona a corporação desesperada pelo 190. A ligação é atendida pelo Cabo Eguimar Leandro do Nascimento.

Desesperada, a mãe do bebê tenta dizer que ele não estava respirando. Mais calma, a avó Cristiane Pinheiro pega o telefone e explica para o policial o que estava acontecendo. Mantendo a calma, policial instrui a avó a como fazer a manobra de Heimlich na criança.

CONVERSA ABAIXO:
- PM: Alô, pois não, qual a emergência?
- Avó: E que o nenenzinho engasgou com leite.
- PM: Quanto tempo que ele tem?
- Avó: Ele tem 22 dias.
- PM: Certo. O que está acontecendo com ele?
- Mãe ao fundo: Ele não está respirando, moço.
- PM: Qual o endereço da senhora?
- Avó: Moro na zona rural...
- PM: Senhora, olha pra mim o que está acontecendo pra eu ir ajudando a senhora.
- Avó: Calma, calma, deixa eu falar com ele (diz a avó para a mãe do bebê]
- Avó: Ele mamou, e se engasgou com o leite do peito.
- PM: Ele está respirando?
- Avó: Não.
- PM: Quanto tempo de vida ele tem?
- Avó: 22 dias.
- PM: A senhora vai pegar ele com cuidado. 
- Avó: Peguei.
- PM: Coloca o peito dele na palma da mão da senhora de cabeça pra baixo
- PM: Dá Um tapinha devagarinho nas costas dele. Deu? [barulho dos tapinhas)
- PM: Deu certo?
- Avó: Deu.
- PM: Está respirando?
- Avó: Está.
- PM: Ele soltou leite pela boca?
- Avo: Não, soltou um negocio branco.
- PM: Isso, a senhora não vira ele pra cima. Deixa ele de ladinho.
- PM: Ele está respirando?
- Avó: Tá.
- PM: Tá normal?
- Avó:
- PM: A senhora tem carro ai?
- Avo: Não
- PM: Onde a senhora mora?
- Avó: [ela fala o endereço]
- PM: Tem mais alguém que pode aguarda na estrada principal?
- Avo: Não
-PM: Vou enviar ai, mas ele está respirando, né?
-Avó:
- PM: Se ele parar você faz o mesmo procedimento ou principal?
- Avo: Não.
- PM: Vou enviar ai, mas ele está respirando, né?
- Avó: Tá.
- PM: Se Ele parar você faz o mesmo procedimento ou retoma a ligação.

Nesta terça-feira, dia 29/10, a família convidou o policial para conhecer o pequeno Pietro. No encontro a avó gravou um vídeo agradecendo o policial. "Foi uma benção de Deus".


PADRE BATE DE FRENTE COM POPULAÇÃO DE DOM BOSCO E MANDA DEMOLIR IGREJA DE MAIS DE 50 ANOS.

segunda-feira, outubro 28, 2019
A demolição de uma igreja de mais de 50 anos na cidade de Dom Bosco (MG), neste sábado (26), a pedido do próprio padre, revoltou os moradores. Alguns chegaram a jogar pedra na casa paroquial onde o padre mora.

A prefeita da cidade, Iramaia Almeida, afirma que foi surpreendida. O município fazia um estudo para tombar e transformar a construção em patrimônio histórico.

“Na próxima segunda 28/10, iríamos notificar o padre sobre o tombamento da igreja, que é a história viva do nosso município e agora está no chão. A população não foi ouvida, a Prefeitura não foi notificada, estamos todos revoltados", disse a prefeita.

A igreja São João Bosco já era referência antes mesmo da região virar o município Dom Bosco, em 1995, hoje com 3.677 habitantes, segundo IBGE.

O padre Roni da Silva, que estava à frente da demolição, disse que atendeu a um pedido da comunidade católica, que quer a construção de um espaço maior. Afirmou ainda que tem atas e que a própria população doou vários materiais para a obra. Ele também afirmou que não tinha conhecimento sobre a necessidade de informar ao município sobre a demolição.

“Era um desejo do bispo, do Conselho Econômico Fiscal e de Pastoral e da comunidade para que uma igreja maior fosse construída, para comportar os fiéis durante as celebrações. A população foi consultada e abraçou a ideia, não é uma vontade que nasceu de agora, é algo que está sendo pensado há anos”, conta o padre, que está no município há quase três anos.


A POLÍCIA MILITAR FOI ACIONADA

Ao saber que uma máquina estava no local para fazer o serviço, a prefeita chamou a Polícia Militar, que determinou que a ação fosse interrompida até o esclarecimento da situação, mas apenas uma pequena parte da estrutura não havia sido derrubada.

"Se havia a vontade de construir um espaço maior, que pelo menos não derrubassem a igreja e procurassem por outro local, outros meios poderiam ter sido usados para resolver essa situação", lamentou o comerciante Júnior Ricardo Ferreira, que frequenta o local desde criança.

Quanto ao tombamento, a prefeita explicou que um estudo da igreja estava em fase de elaboração.

"A igreja passou por várias reformas e estava em perfeito estado e nada foi aproveitado, nem os ventiladores foram retirados. Essa é a segunda vez que ele tem essa atitude, ele já tentou demolir outra igreja, mas foi impedido pela comunidade”, conclui a prefeita.

AÇÃO CÍVICO SOCIAL EM MARMELÓPOLIS-MG

segunda-feira, outubro 28, 2019
Na semana passada, na cidade de Marmelópolis-MG, foi realizada Ação Cívico Social (aciso). Com a presença da base comunitária móvel que trouxe a Transitolândia, que teve como objetivo orientar e educar crianças e adolescentes quanto as normas de segurança e educação no trânsito.


Esteve presente o 3º Sgt Ricardo, do 56º BPM, passando dicas de saúde a população, e também os Militares do destacamento participaram do evento apoiando todas as atividades realizadas, a todo tempo, auxiliando e orientando, para manter a segurança do local, a ordem pública e a paz social, não esquecendo da presença de representantes da Prefeitura Municipal, com estandes e enfermeiros atendendo a população, fazendo testes de glicose e medindo pressão. A Prefeitura também disponibilizou médicos cardiologistas.


Também contribuíram para a realização do evento a Clínica NCOR e Santa Casa de Misericórdia de Itajubá, que trataram do Outubro Rosa, Novembro Azul e problemas cardíacos.

Camilo Prefeito da cidade, o Enfermeiro chefe do PSF e o Secretário de saúde, agradeceram a Polícia pelo apoio dado no evento, e segundo eles foi de grande valia e atendeu a todos os munícipes, de diversas formas,tanto adultos, crianças, idosos quanto adolescentes.








MINAS GERAIS VAI FAZER GREVE DE COMBUSTÍVEL

segunda-feira, outubro 28, 2019
Os petroleiros de Minas Gerais decidiram continuar a greve que foi iniciada no sábado (26) e projetam desabastecimento de combustível em todo o Estado a partir da próxima terça-feira (29). Vale reforçar que a FUP (Federação Única dos Petroleiros) suspendeu o movimento antes de começá-lo, mas os trabalhadores mineiros mantiveram o protesto – 13 dos 18 sindicatos de petroleiros existentes no Brasil fazem parte da FUP.

“Para a nossa greve terminar é preciso que a categoria decida. Nesta semana teremos várias assembleias para decidir pela continuidade ou não e a decisão final acontecerá na próxima sexta (1º)”, explica ao BHAZ Anselmo Braga, coordenador do Sindipetro-MG (Sindicato dos Petroleiros de Minas Gerais).

Os petroleiros de Minas reivindicam que não aconteça a venda da refinaria Gabriel Passos (Regap), em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte. “Nós queremos chamar a atenção da população sobre o que está acontecendo. Os trabalhadores estão com condições precárias de trabalho, pois a refinaria não está tendo manutenção e isso faz aumentar o número de acidentes. Não estamos nem pedindo aumento real de salário. Queremos que a venda não aconteça”, destacou.

Segundo Anselmo, muitos trabalhadores poderão perder seu empregos, caso a refinaria seja vendida, pois, segundo o próprio, isso foi informado por Cláudio Costa, gerente Executivo de RH (Recursos Humanos) da Petrobras. “Ele disse que com a venda alguns serão transferidos e outros demitidos. A nossa greve também é para manter o emprego de muitos”.

SEM COMBUSTÍVEL

A possibilidade de faltar combustível nos postos é real, devido à falta de acordo entre o sindicato e a Regap. “O desabastecimento total não é a nossa intenção. Estamos tentando garantir que a refinaria tenha o mínimo de trabalhadores para que não falte [combustível], porém eles estão sendo intransigentes. O risco é real e a partir de terça-feira pode ocorrer o desabastecimento em Minas Gerais e Brasília”, informou.

O Sindipetro-MG representa todos os trabalhadores da Petrobras no Estado que entre os da ativa e aposentados chega a 3 mil.
Na última sexta, o presidente do Minaspetro (Sindicato do Comércio Varejista de Derivados do Petróleo do Estado de Minas Gerais), órgão que representa os postos de combustível, Carlos Eduardo Mendes, confirmou que há um sinal de alerta para uma nova crise de abastecimento.

“A greve é dos petroleiros e, quanto a isso, não temos o que falar. Mas, se a refinaria parar por mais de três dias, começa afetar o abastecimento dos postos. Não acreditamos que há espaço para isso, diante do cenário de crise que o país vive, não podemos passar por outra crise de combustível”, disse.

FALECEU O DIRETOR E ATOR JORGE FERNANDO AOS 64 ANOS

segunda-feira, outubro 28, 2019
O diretor e ator Jorge Fernando morreu aos 64 anos na noite deste domingo (27/10/2019), no Hospital Copa Star, em Copacabana, Rio de Janeiro. Ele foi vítima de um aneurisma, que se rompeu. O enterro está marcado para esta terça-feira (29/10/2019), no cemitério do Caju, na Zona Norte do Rio de Janeiro. O velório será no mesmo local, das 8h às 10h, aberto ao público.



Em nota oficial, o hospital Copa Star afirmou que a parada cardíaca sofrida por Jorge Fernando se deu por conta de uma dissecção de aorta completa e que, apesar dos esforços, não foi possível reverter o quadro. Jorginho, como era conhecido entre amigos e colegas de profissão, ficou 20 dias internado para tratar uma inflamação no pâncreas, em 2016, e sofreu um acidente vascular cerebral em janeiro de 2017. Desde então, lutava para superar as sequelas que ficaram após o AVC.

Nascido no Rio, em 29 de março de 1955, Jorge Fernando iniciou sua carreira como ator na série da TV Globo Ciranda Cirandinha, em 1978. Já no ano seguinte, estreou em novelas ao dar vida a Cirilo, em Pai Herói, um grande sucesso da emissora carioca. Ao todo, foram 19 novelas, todas no canal.

Em 2011, Jorge Fernando estrelou o seriado Macho Man, escrito por Fernanda Young e Alexandre Machado, no qual interpretava Nelson, um cabeleireiro gay que, ao ser atingido pelo sapato de uma Drag Queen na cabeça, perde os sentidos e, ao acordar, descobre que passou a se interessar por mulheres.



Diretor brilhante
Contudo, foi como diretor que Jorge Fernando deixou sua marca mais forte. Entre novelas, minisséries, seriados e programas, ele comandou 34 produções. Na lista, sucessos como Guerra dos Sexos (1983), Que Rei Sou Eu? (1989), Vamp (1991), A Próxima Vítima (1995), Chocolate Com Pimenta (2003), Ti Ti Ti (2010) e Êta Mundo Bom (2016). Seu último trabalho foi dirigindo a novela Verão 90, que terminou em julho deste ano.

Jorge Fernando vinha enfrentando graves problemas de saúde desde 2016, quando teve de ser internado por causa de uma pancreatite e, algumas semanas depois, sofreu um AVC. Após travar uma luta pessoal para se recuperar, ele se dedicou de corpo de alma à direção de Verão 90.

As primeiras manifestações

Logo após a confirmação da morte de Jorge Fernando, artistas começaram a se manifestar nas redes sociais. A atriz Zezé Motta usou o Instagram para escrever: “Descanse em paz, amado @jorgefernando”.

A autora Gloria Perez também lamentou. “Mais um amigo querido indo embora tão cedo! Você vai fazer tanta falta, Jorginho, com sua alegria, seu entusiasmo, seu talento… Sem palavras aqui!”, publicou em sua conta no Instagram. A atriz Ana Beatriz Nogueira usou a mesma rede social para publicar sua homenagem. “Certamente, Jorge Fernando fará festa em outra dimensão!”, escreveu.


Mãe Hilda Rebello e seu filho Jorge Fernando.

SANTA RITA DO SAPUCAÍ PRECISA DE AJUDA

sexta-feira, outubro 25, 2019
Santa Rita do Sapucaí-MG pede ajuda, pois a cidade passou ontem por uma catástrofe natural que veio a atingir diversas residências fazendo com que a cidade decretasse situação de emergência.
O Jornal o Aperitivo vem pedir ajuda da população que tiver condições de ajudar os moradores da cidade, que estão precisando de doações de LONAS E PLÁSTICOS GRANDES, para colocarem sobre as casas destelhadas.



Representantes da Defesa Civil, juntamente com Vinícios  Pereira Diretor de Promoção Social e Vanda Almeida Psicóloga do CRAS. 

O Diretor de promoção e Assistência Social, Vinícios Pereira, juntamente com a psicóloga do CRAS, Vanda Almeida, entregaram hoje (25/10) na cidade de Santa Rita do Sapucaí doações de lonas, feitas pela Prefeitura Municipal de Piranguinho, Rede de Comércio Protegidos, Polícia Militar, Jornal O Aperitivo e pessoas da cidade. Essas doações foram entregues a Defesa Civil da  cidade.

Ps: As doações continuam, então se possível faça a sua parte. 

Lona doada até o momento. Se possível, ajude também. 

Desde já o Jornal agradece pela colaboração. "JUNTOS SOMOS MAIS FORTES"

MULHER MORRE AO SER ATINGIDA POR ÁRVORE DURANTE CHUVA DE GRANIZO EM SANTA RITA DO SAPUCAÍ

sexta-feira, outubro 25, 2019
Uma mulher morreu após ser atingida pelo tronco de um eucalipto durante a chuva de granizo que atingiu Santa Rita do Sapucaí (MG), ontem, na tarde desta quinta-feira (24/10).

De acordo com o Corpo de Bombeiros, ela estava às margens do Rio Sapucaí, na zona rural, quando a árvore caiu. Ainda conforme os bombeiros, a vítima teria se abrigado no local para esconder da chuva, mas acabou sendo atingida pela queda do eucalipto. O corpo foi levado para o hospital da cidade.
Durante o dia, choveu forte em cidades do Sul de Minas, incluindo Santa Rita do Sapucaí, e houve estragos, como casas destelhadas e carros danificados. Os danos ainda não puderam ser totalmente avaliados.

A identidade da vítima ainda não foi revelada.


Estrutura de imóvel caí durante a chuva. 

Segundo as primeiras informações, ninguém teve ferimentos graves. No entanto foi confirmado a morte da mulher pela árvore.



FORTE CHUVA ASSUSTA MORADORES DE POUSO ALEGRE-MG

quarta-feira, outubro 23, 2019
Nesta quarta-feira, dia 23/10, uma chuva forte assustou moradores de Pouso Alegre. Chegou a chover granizo, ruas ficaram alagadas e até mesmo chegou a cair árvores, telhas, danificando carros, motos, dentre outros patrimônios. Vale ressaltar que a cidade passou por um forte temporal em 1 de setembro de 2019.





 

UM OLHO NO PEIXE E OUTRO NO GATO!!!!

quarta-feira, outubro 23, 2019

EVENTO NOITE DAS PATROAS 2019 EM ITAJUBÁ

quarta-feira, outubro 23, 2019

INTOLERÂNCIA RELIGIOSA

terça-feira, outubro 22, 2019
Preconceito Religioso, um tema delicado e que atinge muitas pessoas, de diversas maneiras. Difícil falar apenas uma coisa sobre esse assunto delicado, no entanto algo para ser observado é que todos deveriam ter respeito pela religião dos seus diferentes. Amar/respeitar o próximo é uma das premissas de Deus, se você está fazendo o contrario disso, é bom rever seus conceitos. 


A intolerância religiosa é o desrespeito ao direito das pessoas de manterem as suas crenças religiosas. Podemos considerar como atos intolerantes as ofensas pessoais por conta da religião ou as ofensas contra liturgias, cultos e outras religiões. Ações desse tipo, em suas formas mais graves, podem resultar em violência, como agressões físicas e depredação de templos.



É fato que existe intolerância a varias religiões no Brasil, no entanto as religiões de matriz africana acabam por receber outras dimensões justamente por serem oriundas da África. Desde sua chegada ao Brasil, os praticantes de religiões de matrizes africanas foram alvo de perseguições por manifestarem a sua fé. No continente de origem, o culto à ancestralidade é realizado em espaço público. No Brasil, os seus aspectos foram modificados como forma de proteção para evitar perseguições, por isso o motivo do sincretismo da Umbanda, por exemplo, com a religião cristã.

Dados sobre a intolerância religiosa

Mesmo modificando os ritos, os praticantes não conseguiram evitar perseguição e violência. Dados levantados pela Secretaria Nacional de Humanos apontam 697 casos de intolerância religiosa entre 2011 e 2015, sendo 71% contra praticantes de religiões de matrizes africanas e Piranguinho não fica atrás. 

No Brasil, existe um serviço gratuito que recebe denúncias de intolerância religiosa e encaminha-as para os órgãos competentes, o Disque 100. Nesse canal, as vítimas de crimes motivados por fatores religiosos, inclusive quando praticados por funcionários públicos, podem denunciar abusos, ofensas, discriminação e violência cometidos em decorrência da religião.

No biênio ocorrido entre 2015 e 2017, uma denúncia de intolerância religiosa foi feita a cada 15 horas, apontou o extinto Ministério dos Direitos Humanos. A maior parte dos casos ocorreu em São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Outros dados:
  • 33,9% das ocorrências deram-se dentro de casa; 
  • 25% dos agressores são identificados como homens brancos; 
  • 25% das denúncias foram feitas por praticantes de religiões, como o candomblé e a umbanda, de matriz africana (1,6% da população brasileira). 
Muitas das agressões são verbais, incluindo postagens na internet, mas também são registrados agressões mais graves como incêndios nos terreiros, agressões físicas e quebra de símbolos sagrados.

Fica nítido pelas pesquisas que a discriminação é um resquício da escravidão e claramente um ataque racista pelo simples fato dessas religiões serem de origem africana.

Lei sobre intolerância religiosa

O artigo 5º da Constituição Federal de 1988 garante que o Estado brasileiro é laico, o que coaduna com o que está expresso na Declaração Universal dos Direitos Humanos. Já a lei nº 9.459, de 13 de maio de 1997, prevê punição para crimes de discriminação, ofensa e injúria praticados em virtude de raça, cor, etnia, procedência nacional ou religião.

A referida lei prevê punição de um a três anos de reclusão e aplicação de multa para quem praticar ou incitar qualquer ato discriminatório por motivo de, entre outros fatores, prática religiosa. Não há uma lei específica que criminalize apenas a intolerância religiosa, e, apesar das garantias constitucionais e da lei 9459/97, esse tipo de intolerância continua sendo praticado em nosso país.




Intolerância religiosa e xenofobia

A religião é uma das maiores marcas de uma cultura nacional. Assim sendo, a intolerância religiosa é utilizada, muitas vezes, para atacar uma nação. Vemos, como exemplo, o ataque às religiões islâmicas como um ataque à cultura e à nacionalidade dos povos oriundos do Oriente Médio.

Atualmente, o preconceito contra muçulmanos oriundos de países árabes que sofrem com conflitos acontece no mundo ocidental, em especial na Europa e nos Estados Unidos. Uma das facetas de ataque a esses povos dá-se pelo ataque à religião.

O mundo vivenciou ataques terroristas comandados por islâmicos radicais de vertente xiita, como o ataque às Torres Gêmeas em 11 de setembro de 2001 e os ataques comandados por células do Estado Islâmico a partir de 2015. Essas experiências isoladas (os xiitas compreendem, aproximadamente, 16% do total de islâmicos) fizeram com que se criasse um senso comum que aponta o islamismo como fonte de radicalismo religioso e terrorismo.


Muitas vezes, quem promove esse tipo de pensamento estereotipado e preconceituoso é, também, um radical religioso. O objetivo maior da disseminação desse tipo de pensamento é o afastamento de estrangeiros do próprio território nacional.


Certa vez Albert Einstein afirmou:
"Época triste a nossa, em que é mais difícil quebrar um preconceito do que um átomo". 

Estava certo. Os átomos são facilmente ''quebráveis"; já os preconceitos, muitos deles permanecem inquebrantáveis. Apesar do prudente ceticismo einsteiniano, a ciência pode trazer alguns subsídios para tentar quebrar mais alguns preconceitos.

Tecnologia do Blogger.