Deslizamento de terra deixa quatro mortos em Campos do Jordão - SP

A forte chuva que castigou a cidade de Campos do Jordão, no interior de São Paulo, deixou quatro mortos por soterramento. Entre as vítimas estão três crianças e uma idosa. 

Foram encontrados, na manhã de hoje 14/12, por volta das 7h30, os dois corpos dos meninos desaparecidos, nos deslizamentos ocorridos no início da noite de ontem, em Campos do Jordão. As vítimas tinham 13 e 5 anos e estavam na casa da avó, que também faleceu.




Com mais estas duas mortes, sobe para quatro, o número de vítimas fatais. Outras sete pessoas foram retiradas com vida dos escombros e encaminhadas ao Hospital Municipal. Apenas duas continuam internadas, em observação, mas sem risco de morte: um menino de cinco anos e uma menina de dois anos.

Os deslizamentos aconteceram no início da noite desta sexta (13), em dois bairros distintos: Monte Carlo e Vila Britânia.

No Monte Carlo, a vítima fatal foi um bebê de um ano e 11 meses. Os pais da criança foram socorridos e já liberados.

Na Vila Britânia, o deslizamento atingiu a casa de uma senhora de 53 anos, que faleceu. Estavam na residência a sua filha e seis netos. A filha e as outras 4 crianças foram socorridas na noite de ontem.










As equipes dos Bombeiros, Defesa Civil, Guarda Municipal, Agentes de Trânsito e de Serviços Públicos, passaram a noite trabalhando, nos escombros. Voluntários também se revezaram no resgate. Foi preciso o uso de maquinário para que as crianças fossem encontradas.

A operação limpeza, que está sendo feita pela Prefeitura continua nesta manhã nas ruas atingidas. A Defesa Civil está preparando um levantamento de todas as ocorrências, mas não há notícias de outros deslizamentos envolvendo residências.

Duas casas foram interditadas na Vila Britânia, localizadas logo acima do local do acidente. Os moradores estão em casa de parentes.

Não há informação, ainda, sobre o velório e enterro das vítimas. Os corpos foram encaminhados ao IML de Taubaté.

Ao todo, de acordo com a prefeitura, 11 pessoas deram entrada no pronto-socorro municipal, socorridas pelas equipes de resgate.



A Defesa Civil e o Instituto de Pesquisas Tecnológicas realiza nesse sábado uma vistoria nas áreas de risco. Com o laudo, os órgãos poderão definir o que pode ser feito para evitar novos deslizamentos.

"As casas da região superior são as com maior risco porque o solo que suportava as casas já caiu. A região toda está instável e ainda podem ter novos deslizamentos", explicou o Major Fabrício Ramos, do Corpo de Bombeiros.

A Prefeitura de Campos do Jordão decretou luto oficial de três dias e cancelou as atividades natalinas do fim de semana por causa do incidente.

Nas redes sociais, o governador João Doria (PSDB) definiu o episódio como 'triste tragédia' e prestou solidariedade aos familiares das vítimas.
Tecnologia do Blogger.