Polícia Militar prende autor de possível feminicídio em Santa Rita do Sapucaí

Hoje dia 3, sexta-feira, a Polícia Militar da 114ª CIAPMMG prendeu o autor de um possível feminicídio, ocorrido em Santa Rita do Sapucaí. 


De acordo com o Ten. Yanase, que está à frente da equipe de investigação, o marido não aceitando o fim do relacionamento teria esfaqueado a esposa e jogado o corpo dela no rio Sapucaí. Márcia das Dores Silvério está desaparecida desde quinta (2/01/2020).

Imagens de uma câmera de segurança, obtidas pela polícia, mostram o marido e a vítima juntos. Depois ele teria chegado em casa embriagado e sujo de sangue e confessado para o filho e o irmão que havia esfaqueado a esposa. No local, ele ainda tentou lavar o carro e a faca, que estavam sujos de sangue.

A polícia contou que ele teria dito, ainda, que jogou o corpo no rio, próximo a Rua Capitão Vicente Ribeiro do Vale, conhecida como Rua do Queima.

O carro foi abandonado e localizado nesta manhã com marcas de sangue, principalmente no banco traseiro, e nos pertences dela. O veículo foi encaminhado para a perícia da Polícia Civil.

O carro abandonado e com pertences da vítima e marcas de sangue. 

O Corpo de Bombeiros também foi acionado e trabalha na busca do corpo de Márcia, no Rio Sapucaí.

O motivo do crime seria porque o marido não aceitava o fim do relacionamento. Ele estava foragido e a polícia utilizou cães farejadores para tentar localizá-lo em uma mata da região.

Tenente Yanase




Mais informações atualizaremos a página.

Tecnologia do Blogger.