Estelionatário membro de uma quadrilha é preso em Ação conjunta com a Polícia Civil de Itajubá-MG e Santa Rita do Sapucaí-MG

Nesta quinta-feira, dia 13 de janeiro, a Polícia Civil de Itajubá-MG em ação conjunta com a de Santa Rita do Sapucaí-MG prenderam um dos suspeitos de participar de uma quadrilha de estelionatários que tem agido em cidades do Sul de Minas.


Foto: Polícia Civil

De acordo com informações da polícia, em dois dias o grupo acumulou valor entre R$ 12 mil e R$ 13 mil em golpes. Até a publicação desta reportagem, cinco vítimas foram identificadas: duas em Santa Rita do Sapucaí e três em Itajubá. 

A partir de denúncias, a Polícia Civil passou a investigar a rotina do suspeito, um homem de 42 anos, até conseguir prendê-lo. Foram apreendidas 6 máquinas de cartão de crédito, caderno com anotações dos recursos subtraídos, a moto utilizada, cartões das vítimas e comprovantes das transações realizadas. 

A Polícia Civil alerta que o golpe é feito por telefone com os membros da quadrilha alegando que o cartão de crédito da possível vítima foi clonado e que a mesma precisa entrar em contato com o banco. 

Acontece que quando esta ligação é feita para a agência bancária, ela é interceptada pela grupo e um membro se passa por gerente do banco. O suposto funcionário pega os dados da vítima e diz que um motoboy contratado pelo banco irá buscar o cartão para cancelá-lo. 

A partir deste momento, a quadrilha realiza compras no comércio, transações eletrônicas e efetua compras em empresas laranjas do grupo, para pedir adiantamento de crédito e conseguir o dinheiro em moeda mais fácil. 

As investigações da Polícia Civil também identificaram que as contas destino das transações são diretamente ligadas à quadrilha. 


O Jornal o Aperitivo parabeniza os investigadores de Polícia das delegacias de Santa Rita do Sapucaí-MG e Itajubá-MG pelo excelente trabalho.

Tecnologia do Blogger.