Câmara de Itajubá rejeita proposta que poderia ajudar Santa Casa em 500 mil reais

Os vereadores da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Itajubá rejeitaram uma indicação de oito parlamentares que pedia a antecipação da devolução de quase R$ 500 mil das sobras do caixa do Legislativo para a prefeitura. 



A iniciativa poderia ajudar a Santa Casa a investir em infraestrutura durante a pandemia do novo coronavírus. A informação foi divulgada com exclusividade no programa Revista da Manhã desta terça-feira, dia 7 de abril.


A iniciativa tinha como objetivo unir essa verba a outros recursos que a prefeitura poderia disponibilizar para ajudar a instituição. A indicação foi assinada pelos vereadores Antônio Raimundo Santi (PSL), Cleber David (PSD), Fabrício Machado (PP), Joel Almeida (PSDB), Jorge Andrade (PP), Marcelo Krauss (PP), Ricardo Zambrana (PV) e José Vladimir dos Santos (MDB).

Entretanto, a Mesa Diretora não aceitou a proposta na sessão virtual ocorrida nesta segunda-feira (6). No documento assinado pelos vereadores Sebastião Silvestre (MDB), Carlos Eduardo Molina (PSDB), Kener Maia (PL), Renato Moraes (PSDB) e José Maria Silva (PTB), a devolução desses recursos foi negada para a Santa Casa.


No texto, os vereadores dizem que não é de competência da Câmara Municipal realizar qualquer transferência de recursos considerados vinculados ou ainda exigir que a prefeitura tome determinada decisão em prol da Santa Casa.


Tecnologia do Blogger.