PM vai fiscalizar uso obrigatório de máscara em Minas Gerais; Anuncia governador Zema

Nesta quarta-feira, dia 24 de junho, o governador Romeu Zema usou as redes sociais para comunicar que a obrigatoriedade, em vigor há mais de dois meses, será fiscalizada por policiais militares.


Quatro dias depois de afirmar que o número de mortos e infectados pelo novo coronavírus "está assustando", o governador Romeu Zema postou em sua conta pessoal no Twitter que a partir de quinta-feira (25/06/2020) a Polícia Militar vai fiscalizar o uso obrigatório de máscaras no estado de Minas Gerais.

“A partir de amanhã (quinta-feira), a nossa PM vai passar a proceder de maneira diferente. Vai abordar as pessoas que não estiverem usando máscara e, além disso, vai abordar toda situação que o distanciamento entre pessoas não estiver sendo obedecido”, disse.

Desde o dia 17 de abril, o uso de máscaras é obrigatório no estado. O governador sancionou nessa data projeto de lei que obriga a popualção a usar esse dispositivo de proteção individual em locais públicos.

Em Belo Horizonte, a obrigatoriedade está em vigor desde o dia 22 de abril, reforçando a importância da máscara para prevenir a disseminação da COVID-19, que, de acordo com o boletim epidemiológico, divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde nesta quarta (24/06), os casos confirmados são 31.343. Do total de 51 mortes registradas no balanço, foram seis em Teófilo Otoni, sete em Uberlândia e oito em Belo Horizonte. 

Como a Polícia Militar vai atuar?

A PM vai ser mais rigorosa com as orientações sobre o uso de máscaras e dispersão das aglomerações. Com relação a multas, a corporação informou que a aplicação de sanções depende do código de postura de cada cidade.

Em alguns locais, por exemplo, há legislações que permitem a aplicação de sanções. No entanto, não se pode prender as pessoas porque elas não estão usando máscaras. A Polícia Militar vai orientar, a não ser que haja algum outro crime associado como estas e reuniões, por exemplo, que podem ser denunciadas, por meio do 190.

O número de casos começa a acelerar no estado de Minas e por isso todos temos que tomar todas as precauções possíveis, para o quanto antes sairmos dessa situação.

Tecnologia do Blogger.