Rodovias do Sul de Minas estão no primeiro lote de concessões do Governo do Estado

O Secretário de Infraestrutura e Mobilidade, Fernando Marcato, anunciou na manhã desta quarta-feira, dia 10 de fevereiro que o Sul de Minas consta no primeiro lote de concessões de rodovias do Governo do Estado. O anúncio aconteceu na Cidade Administrativa, durante reunião com o deputado Dalmo Ribeiro e com prefeitos de municípios abrangidos pela MG-290. A agenda foi uma solicitação do parlamentar.



Segundo o Secretário, as obras paliativas, para reparos pontuais na rodovia, serão retomadas, sendo realizadas enquanto forem necessárias até a concessão à iniciativa privada. A emenda de R$ 1 milhão, destinada pelo deputado Dalmo Ribeiro, será aplicada para obras na rodovia, com contrapartida do Estado para melhorias, como a terceira faixa no trecho da Serrinha, em Borda da Mata.

“A MG-290 é uma preocupação comum dos cidadãos sul-mineiros. Há anos busco soluções para os problemas que afligem a estrada, por onde trafegam mais de mil pessoas por dia. Esta reunião é muito importante para o diálogo entre o executivo das esferas estadual e municipal. É por meio da conversa e da parceria que conseguiremos chegar a uma solução efetiva. Sou grato ao Secretário, que mesmo com a agenda cheia, cedeu um espaço para nos atender.” afirmou. A defesa do parlamentar quanto à MG-290 não é de hoje, desde o início de seu mandato ele busca colocar em prática as ações e projetos de revitalização da rodovia.

No cronograma do projeto de concessão estão previstos: visita técnica ao local, ainda em fevereiro; uma consulta pública à população, em maio; a realização do leilão no mês de outubro; a assinatura do contrato com a empresa vencedora, em dezembro e, para 2022, o início da manutenção necessária. No total, o programa irá conceder 549 km de rodovias mineiras à iniciativa privada.

A reunião contou com a presença de prefeitos e representantes dos municípios de Bueno Brandão, Monte Sião, Ouro Fino, Inconfidentes e Albertina.

A MG-290 é uma das principais rodovias do Sul de Minas. Com mais de 90km de extensão, é o caminho usado por cerca de 10 mil pessoas diariamente. A intensa movimentação do local, aliado à má sinalização, à direção imprudente de parte dos motoristas, à falta de acostamento e à má qualidade do asfalto são os pontos críticos da rodovia. Em época de chuva, há o agravante das pistas molhadas e da baixa visibilidade ao volante.
Tecnologia do Blogger.