décembre 6, 2021

Jornal O Aperitivo

Find all the latest articles and watch TV shows, reports and podcasts related to Portugal

Atualização de epidemia global

Lançado na quarta-feira, 10 de novembro de 2021 às 19h11.

Novas atividades, novos relatórios e destaques: uma atualização sobre os últimos desenvolvimentos na epidemia Govt-19 em todo o mundo.

– Caso de explosão na Bélgica –

Com uma média de 8.000 novas infecções por dia, a Bélgica voltou a uma taxa de propagação de vírus inatingível por um ano.

As internações hospitalares seguem uma tendência semelhante: os hospitais belgas têm 2.000 pacientes do governo federal, uma condição que o país não via desde maio.

Na quarta-feira, os ministros da saúde (agências federais e federais) recomendaram uma dose de reforço da vacina para todos, não apenas para aqueles com mais de 65 anos e cuidadores. Os termos deste “Programa Generalizado + Booster + Vacina” devem ser especificados até o final de novembro.

– EUA: 900.000 crianças de 5 a 11 anos vacinadas –

Desde que a campanha para essa faixa etária começou nos Estados Unidos, há uma semana, aproximadamente 900.000 crianças americanas entre 5 e 11 anos receberam a primeira dose da vacina Govt-19 da Pfizer.

Este é “um bom começo”, disse Jeff Giants, coordenador epidemiológico da Casa Branca. Existem 28 milhões de crianças entre 5 e 11 anos nos Estados Unidos.

– Alemanha: Pfizer para menores de 30 anos –

A Comissão Alemã de Vacinas (STIKO) recomendou nesta quarta-feira que pessoas menores de 30 anos sejam vacinadas com uma única vacina da Pfizer-BioNTech, com essa população enfrentando maior risco de ataque cardíaco pela Moderna. Esta recomendação também se aplica a mulheres grávidas.

– Acordo europeu para Valneva –

O laboratório franco-austríaco Valneva e a Comissão Europeia anunciaram que chegaram a um acordo sobre uma vacina de 60 milhões de doses contra o Covit-19 até 2023.

READ  Jovens futebolistas afegãos se refugiam no Paquistão

– Maratona de Xangai adiada –

Seus organizadores anunciaram que a Maratona de Xangai, marcada para 28 de novembro, foi adiada devido a um surto limitado da epidemia de Kovit-19 na China, semelhante ao que aconteceu em Pequim e Wuhan no mês passado.

O número de poluentes no país é baixo – uma média de 74 casos nos últimos sete dias, de acordo com dados oficiais – mas as autoridades chinesas estão buscando uma política de poluição zero três meses após o início dos Jogos Olímpicos de Inverno em Pequim (4 de fevereiro ) -20)

– Rally sem distância: Detenção na China –

A polícia chinesa ordenou a prisão preventiva de três pessoas fornecidas como organizadoras da transmissão em tela gigante da final global do videogame League of Legends, informou o jornal oficial.

A competição esportiva, que aconteceu em Reykjavk (Islândia) no sábado, foi ao ar no movimentado bairro de Wuhan (centro), atraindo pelo menos 2.000 pessoas, segundo a mídia chinesa. Este enorme rally foi organizado sem permissão e sem distância.

– Teste positivo para leões em Cingapura –

Quatro leões do Santuário de Vida Selvagem de Cingapura foram testados positivamente para o vírus corona após serem infectados pela equipe e apresentam sintomas como tosse e espirros, disseram as autoridades.

A cidade-estado do sudeste asiático está enfrentando sua pior poluição, com cerca de 2.000 a 3.000 novos casos por dia desde o início da epidemia.

– Mais de cinco milhões morreram –

A epidemia já matou mais de 5.062.911 pessoas em todo o mundo desde o final de dezembro de 2019, de acordo com um relatório fundado pela AFP em meados desta quarta-feira.

READ  Na Índia, deslizamentos de terra matam pelo menos 36 pessoas e dezenas estão desaparecidas


Os Estados Unidos têm o maior número de mortos (757.409), à frente do Brasil (609.756), Índia (461.849), México (290.110) e Rússia (250.454).

Levando em consideração o alto número de mortes direta e indiretamente ligadas ao Govt-19, a OMS estima que o número de infecções pode ser duas a três vezes maior do que o oficialmente estabelecido.